Follow by Email

sábado, 20 de junho de 2009

Exu Tiriri


Eu não vou embora
Nem que o patrão me mande
Só depois da hora grande
Eu vou subir
Dizia um negro
Vestido todo de branco
Se dizendo Pai de Santo
No terreiro do seu Tiriri(2x)
Se errar o couro come
Tiriri levou um homem
Lá pro fundo do quintal
E pegou uma garrafa de marafa
Misturou com azeite de dendê
Botou mais a polvora e a pimenta
Botu na panela pra ferver
Mandou o moleque ajoelhar
E beber tudo aquilo de uma vez
Este nego tem que me pagar
A vergonha que me fez(2x)
Tiriri deu gargalhada
E olhou pro clarão da lua
E disse moleque tu vai aprender
Respeitar povo de rua(2x)

Nenhum comentário: