Follow by Email

sábado, 26 de abril de 2008

Rompe Mato


Vermelho é a cor do
Sangue do meu pai
E verde é a cor das matas (bis)
Oi sarava seu Rompe Mato da jurema
Oi sarava a banda que ele mora (bis)

Nenhum comentário: